Plano de SaúdeCasa de Saúde | São João de Deus | São Paulo - SPLar São João de Deus | Petrópolis-RJ Casa da Hospitalidade | Ap. Taboado - MS Ordem Hospitaleira Escola de Enfermagem

 

 

Notícias
Clique aqui
Hospital São João de Deus
 
Resultado de Exames
   
Fale conosco
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Hospital São João de Deus
HSJD

Serviço de Nutrição e Dietética

 

O QUE É O SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA

O Serviço de nutrição atua na produção diária das refeições, estabelece orientações gerais para aplicação de manipuladores de alimentos, bem como critérios que definem o padrão e a qualidade das refeições oferecidas.
Visa boas práticas adotando procedimentos que irão garantir a qualidade higiênico sanitária e a conformidade dos alimentos de acordo com a legislação sanitária.
Todos os funcionários do S.N.D são conscientizados a praticar as medidas de higiene, a fim de proteger os alimentos da contaminação química, física e microbiológica.
Proporciona também aos comensais (pacientes, acompanhantes, colaboradores, estagiários, residentes e médicos) uma adequada assistência alimentar e orientação nutricional.
Contamos também com o lactário onde se prepara as formulas lácteas e dietas enterais, conforme a prescrição da nutricionista da Equipe de Suporte Nutricional além de zelar pela higiene e execução dos serviços de acordo com as técnicas exigidas pela legislação. 

OBJETIVOS:

  • Atuar na produção diária das refeições e no atendimento clínico dietoterápico.

  • Distribuir as refeições diárias de pacientes, acompanhantes, funcionários, médicos e estagiários, a fim de atender as prescrições dietoterápicas dos pacientes internados e a oferta nutricional de todos os colaboradores da instituição durante a sua jornada de trabalho;

  • Prestar assistência nutricional especializada a pacientes internados;

  • Promover o desenvolvimento de seus recursos humanos por meio de ações de treinamentos e de educação continuada; 

 


O Serviço de Nutrição e Dietética divide-se em:

1. Produção: planeja, recebe, armazena e distribui as refeições conforme as normas da vigilância sanitária. Funciona diariamente sobre a supervisão de nutricionistas que são responsáveis pelo planejamento e organização do setor. Essa área produz refeições com dietas especializadas e de acordo com a prescrição dietoterápica. O sistema de distribuição de refeições é centralizado, sendo as mesmas porcionadas e acondicionadas dentro da cozinha.
Atuam na área, além de nutricionistas, cozinheiros, auxiliares de cozinha, ajudantes de cozinha e copeiras. Atualmente confecciona diariamente em média de 2500 a 2800 refeições incluindo:

Desjejum: (7:00 as 8:00 horas)

 Almoço de (11:00 às 13:30 horas)

 

Lanche de (13:00 às 15:00horas)

Jantar de (17:30 às 18:30horas)

Ceia de (20:00 às 21:30 horas).

 

Procura-se confeccionar as refeições conforme as normas higiênico-sanitária dos alimentos para garantir o fornecimento de refeições segura sob o ponto de vista higiêncio-sanitário por meio de rotinas de trabalho dentro da produção através de:

  • controle a higiene pessoal dos funcionários

  • avaliação da qualidade do produto e do fornecedor

  • supervisão das dietas produzidas

  • controle da higiene de utensílios, equipamentos e local de trabalho

  • controle contínuo do combate as pragas

  • controle ao acesso de visitantes e pessoal externo à área de produção de alimentos.

2.0 Atendimento clínico

2.1 Atendimento Ambulatorial Nutricional Oncológico:
O atendimento oncológico visa estabelecer padrão de manejo nutricional dos pacientes que estão em tratamento de radioterapia e quimioterapia bem como orientar os familiares sobre os cuidados nutricionais necessários bem como orientar sobre os possíveis efeitos colaterais que o paciente pode vir a desenvolver durante o tratamento.
Durante o tratamento a nutricionista trabalha com produto nutricionais e suplementos adequados para melhorar o estado nutricional do paciente visando qualidade de vida.Em casos onde se julga necessário é formulada a Nutrição Enteral estabelecendo a sua composição qualitativa e quantitativa, seu fracionamento segundo horários e formas de apresentação; Orientando o paciente, a família ou o responsável legal, quanto à preparação e à utilização da nutrição enteral domiciliar.

2.2 Atendimento Ambulatorial e Nutricional na Nefrologia:
A nutricionista de da nefrologia visa estabelecer padrões de manejo nutricional de pacientes renais (insuficiência renal aguda e crônica, incluindo tratamento conservador dialítico; transplante renal e demais nefropatias necessitando de cuidados nutricionais); além de avaliar o estado nutricional e acompanhar a adequacidade dialítica dos pacientes em diálise;
Durante o tratamento o acompanhamento nutricional a nutricionista orienta o paciente, familiares e/ou membros que for necessário para intensificar os cuidados com o paciente durante o tratamento.
A nutricionista mantém contato direto com a equipe médica onde são realizadas reuniões clínica, cientificas e pesquisas na área de nutrição renal além de trabalhar com produtos nutricionais adequados para melhorar o estado nutricional do paciente e controlar os possíveis efeitos colaterais causados pelo tratamento.
Em casos onde se julga necessário é formulada a Nutrição Enteral estabelecendo a sua composição qualitativa e quantitativa, seu fracionamento segundo horários e formas de apresentação; Orientando o paciente, a família ou o responsável legal, quanto à preparação e à utilização da nutrição enteral domiciliar

3. Suporte Nutricional (EMTN)

A nutricionista da equipe de realiza a avaliação do estado nutricional do paciente, utilizando indicadores nutricionais subjetivos e objetivos, com base em protocolo pré-estabelecido, de forma a identificar o risco ou a deficiência nutricional;
Formula a Nutrição Enteral estabelecendo a sua composição qualitativa e quantitativa, seu fracionamento segundo horários e formas de apresentação; Orientar o paciente, a família ou o responsável legal, quanto à preparação e à utilização da nutrição enteral prescrita para o período após a alta hospitalar;
Utilizar técnicas pré-estabelecidas de preparação da nutrição enteral que assegurem a manutenção das características organolépticas e a garantia microbiológica e bromatológica dentro de padrões recomendados na BPPNE; 

PROJETOS ATUAIS

Campanha da bandeja nota 10 e a coleta seletiva

 

Atualmente o Serviço de Nutrição e Dietética atua em conjunto com a coleta seletiva( PGRSS) nos setores de internação, no S.N.D e no refeitório com o projeto da Bandeja Nota 10 promovendo a educação nutricional e incentivando os colaboradores do Hospital São João de Deus a introduzir hábitos alimentares saudáveis visando qualidade sem desperdício.
A campanha da coleta seletiva iniciou com a separação do lixo orgânico, plástico, papel alumínio obedecendo um padrão de segregação conforme orientação do Serviço Higiene e Limpeza.



Voltar Imprimir Voltar
 
   
Clique aqui! Clique aqui!